ads

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Tatiana divulga nota e Padre Severino contesta argumentos

A prefeita do município do Conde Tatiana Correia (PT do B) encaminhou por meio de sua assessoria nota tentando rebater matéria publicada no PB Agora, que evidencia o desgaste político da gestora, bem como problemasrelacionados a sua administração. Principal liderança oposicionista na cidade, o Padre Severino (PT) que obteve mais de cinco mil votos na disputa contra Tatiana, rebateu os argumentos e confirmou a veracidade da matéria intitulada: PUNIÇÃO II: prefeita que subiu em dois palanques enfrenta desgaste da imagem política e urnas dão recado

Direito de Resposta

Tento em vista a veiculação de matéria no dia de hoje, 29 de outubro de 2014, com a seguinte chamada “PUNIÇÃO II: prefeita que subiu em dois palanques enfrenta desgaste e urnas dão recado”, e essas afirmações atingirem diretamente minha pessoa física, venho através desse requerer meu direito de resposta, para que a população leitora desse meio de comunicação veja a verdade real dos acontecimentos, resguardando meu direito constitucional do Direito a Resposta (art. 5º,V da CF).



Preliminarmente, é de ressaltar que a decisão de apoio a uma ou outra coligação é um direito do nosso sistema Democrata e que nos dá o direito de apoiarmos essa ou aquela legislatura, acreditando sempre no melhor dos que elegemos. O fato te não ter apoiado a legislatura do vitorioso candidato não nos qualifica como “inimigos” ou opositores da sua gestão. Fazemos parte de entidades federativas diferentes, mas comungamos do mesmo ideal de prosperidade dos nossos representados. A escolha dessa ou daquela coligação foi feita através de decisão colegiada e sempre com intuito do bem maior do Município, acreditando nas propostas de melhoria para o Povo do Conde.




Também não condiz com a verdade a afirmação que “seus aliados fracassarem nas urnas”, bastando ver que seu candidato a deputado estadual (Genival Mathias), seu candidato a deputado federal (Wellington Roberto) e seu candidato a senador (José Maranhão) lograram êxito e foram eleitos com expressiva votação no município, mostrando a força da gestão na população local.




Merece esclarecimento e por amor a verdade que, ao contrário do que ficou publicado, os servidores estão recebendo seus vencimentos dentro do prazo legal, não sendo verdade as afirmações de atraso na folha de pagamento. A diminuição crescente do FPM, fato notório em todos os municípios da federação, acarreta algumas impontualidades no pagamento de fornecedores, não estando o Município de Conte inadimplente com qualquer fornecedor. Bastando acessar o site do Tribunal de Justiça da Paraíba para ver que o município não guarda qualquer ação de cobrança da sua gestão.




Ainda deve ser ressaltado que a atual gestão trouxe para 18 milhões em obras para o Município, gerando emprego e renda para os munícipes, fato que nunca tinha acontecido para historio de Conde.




Ass. tatiana lundgren correia de oliveira




Prefeita Constitucional

PADRE SEVERINO CONTESTA NOTA

Em contato telefônico com a reportagem do PB Agora na noite desta terça, 29, o Padre Severino (PT), principal revelação política do Conde, confirmou os argumentos da matéria e disse que o desgaste enfrentado por Tatiana é maior do que a sociedade imagina.

Padre Severino confirmou o desprestigio político de Tatiana que além de amargar uma derrota ao se abraçar a Cássio Cunha Lima (PSDB), se quer conseguiu fazer os candidatos proporcionais que apoiava se tornarem majoritários, não obtendo consequentemente mais votos na cidade.

“Ela esta muito desgastada politicamente, pois o seu candidato a deputado Geniival Matias (PT do B) obteve apenas 1.111 votos perdendo para Branco Mendes (PEN) e o Frei Anastácio (PT) que conquistaram 1,200 e 1.166 sufrágios respectivamente”, enumerou, acrescentando que o apoiado por Tatiana no Conde na disputa pela Câmara Federal, também não foi majoritário: “Ela apoiou Wellington Roberto (PR) que conquistou 1.375 votos enquanto Manoel Júnior (PMDB) que é de Pedras de Fogo derrotou ela com 1.483 votos, ela se quer transferiu votos para seus candidatos, uma obrigação dos prefeitos”, disse Severino, questionando: “Se ela estivesse tão bem, o povo não teria votado nos candidatos dela?”

O religioso também contestou a nota que assegurou o pagamento para fornecedores e funcionários: “Pode perguntar ao povo: peça para imprensa dar uma volta que os relatos são estarrecedores, são Prestadores de Serviços que estão há três meses sem receber, muita gente que trabalhou dois meses e receber abandonou o serviço, pergunte para os fornecedores: são merendeiras e trabalhadores que estão com medo até de cobrar temendo serem demitidos”, alertou.




Leia a matéria- Prefeita que subiu em dois palanques enfrenta desgaste e urnas dão recado

PB Agora

Justiça cassa mandato de prefeito de Pitimbu e determina posse imediata do segundo colocado



O juiz da 73ª Eleitoral de Alhandra, Antônio Eimar de Lima determinou na tarde desta quarta-feira (29) o afastamento do prefeito do município de Pitimbú, no Litoral Sul do Estado, Leonardo Barbalho (PSD) e da sua vice Daniela Pereira ao mesmo tempo em que determinou a posse imediata do segundo colocado nas últimas eleições para prefeito que aconteceram em 2012, Marcos Aurélio Abreu, mais conhecido por “ Marquinhos 10”.



De acordo com o advogado de Marquinhos 10, Carlos Magno Guimarães, desde o ano passado que tramita na Justiça uma Ação de Investigação Eleitoral (AIJ) denunciando o abuso do poder econômico e a compra de votos com a realização de showmícios por parte do prefeito Leonardo Barbalho.



Na tarde desta quarta-feira o juiz acatou a denúncia e em um parecer de dez páginas deferiu pela cassação do prefeito e de sua vice e ao mesmo tempo em que determinou a posse imediata do segundo colocado nas últimas eleições para prefeito.

Nesse momento, o novo prefeito de Pitimbú está sendo empossado no cargo.





Paulo Cosme

Fla x Galo: vaga na final entre o apoio da Nação e o lema do "Eu Acredito"

Há mais de 30 anos, Flamengo e Atlético-MG iniciaram uma rivalidade de alta intensidade. Na decisão do Campeonato Brasileiro de 1980, vitória rubro-negra por 3 a 2 no Maracanã, diante de 150 mil espectadores. Nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no mesmo estádio, os clubes se reencontram em mais um confronto eliminatório, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil.
Nos anos 80, foram ainda mais três duelos eliminatórios entre os dois clubes. O Flamengo levou vantagem no jogo extra da Taça Libertadores de 1981, marcado por uma grande polêmica de arbitragem, e na semifinal do Brasileiro de 1987. Já o Atlético-MG venceu o confronto das oitavas de final do Brasileiro de 1986.
O último encontro em um confronto eliminatório aconteceu em 2006. Nas quartas de final da Copa do Brasil, o Flamengo venceu por 4 a 1 no Maracanã e empatou em 0 a 0 no Mineirão para se classificar. A campanha terminou com a conquista do título.
Nas quatro vezes em que o Flamengo superou o Atlético-MG em um confronto eliminatório acabou conquistando o título. Com o apoio da Nação no jogo de ida nesta quarta-feira, a expectativa é de que o feito se repita e termine com o mesmo desfecho. Da mesma forma que aconteceu em 2013, quando o time estava longe de apresentar segurança em campo, mas era carregado pela arquibancada na competição.
Do outro lado, o Atlético-MG espera por um fim nessa sina. Depois de superar o Corinthians nas quartas de final da Copa do Brasil, em um confronto marcado pelo lema do "Eu Acredito", imortalizado na Libertadores de 2013, o time ganhou ainda mais corpo e moral e tem a campanha de reação no Campeonato Brasileiro para servir de  apoio na disputa.
O paulista Luiz Flávio de Oliveira (ASP-Fifa) apita a partida, auxiliado pelo baiano Alessandro Rocha de Matos (Fifa) e o paulista Emerson Augusto de Carvalho (Fifa). A TV Globo transmite a partida ao vivo para todo o Brasil, menos São Paulo e regiões de Coronel Fabriciano-MG e Montes Claros-MG. O SporTV e o PFCI também exibem o duelo. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em tempo real, com vídeos. 
HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)



Flamengo: apesar do mistério feito pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, a base deve ser mantida para o jogo desta quarta-feira, principalmente por ter poupado a maioria dos jogadores no clássico com o Botafogo. O time formará com Paulo Victor, Léo Moura, Chicão, Samir e João Paulo; Cáceres, Canteros, Márcio Araújo e Everton; Gabriel e Eduardo da Silva.
Atlético-MG: em relação ao time que venceu o Sport, no último final de semana, o técnico Levir Culpi vai promover o retorno dos suspensos Edcarlos, Luan e Diego Tardelli. O Galo vai a campo com: Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Edcarlos e Douglas Santos; Josué, Dátolo, Luan, Maicosuel e Tardelli; Carlos.
HEADER quem esta fora 690 (Foto: Infoesporte)


Flamengo: Wallace está recuperado da lesão na coxa esquerda, mas foi preservado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Paulinho só volta em 2015 depois de uma cirurgia no joelho direito. Alecsandro também não deve mais jogar esse ano depois de uma cirurgia no rosto. Já Anderson Pico, inscrito fora do prazo, e Arthur, por ter defendido o Londrina na competição, não podem atuar na Copa do Brasil. Marcelo cumpre suspensão.

Atlético-MG: o goleiro Giovanni, o zagueiro Réver, os volantes Lucas Cândido, Claudinei e Rafael Carioca e o atacante Guilherme estão todos lesionados. O zagueiro Emerson e o lateral-esquerdo Pedro Botelho estão em fase de transição entre o departamento médico e a preparação física. Léo Silva e Jô, sem condições físicas, ficaram em Belo Horizonte.
header pendurados 690 (Foto: arte esporte)

Flamengo: Everton.

Atlético-MG: Jemerson, Leonardo Silva e Luan.
globoesporte 

Dois dias depois da eleição, Câmara derruba decreto bolivariano de Dilma



A Câmara dos Deputados reagiu e, enfim, derrubou nesta terça-feira o decreto bolivariano da presidente Dilma Rousseff, destinado a criar conselhos populares em órgãos da administração pública. A matéria foi assinada no final de maio em uma canetada da presidente e foi alvo de críticas de juristase parlamentares. O Senado ainda tem de avaliar o projeto de decreto legislativo para que a determinação do Planalto seja suspensa.

A derrubada da matéria é uma reivindicação antiga da oposição e se deu dois dias após as eleições, indicando a turbulência que Dilma encontrará no Congresso no novo mandato. “Essa derrota é para mostrar que o discurso de conversa com o Congresso não poder ficar só na teoria”, resumiu o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).




Tão logo foi apresentado, no início de julho, o projeto que sustava o texto palaciano teve adesão maciça de partidos de oposição e da base, contando inclusive com o apoio do PMDB, maior aliado do governo. Na Câmara, a matéria ganhou regime de urgência, o que permitiu que fosse direto ao plenário antes de tramitar pelas comissões. O projeto de decreto legislativo que pedia a suspensão da canetada de Dilma foi pautado nesta terça por Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Casa que saiu derrotado na disputa ao governo do Rio Grande do Norte. Alves credita sua derrota à falta de apoio da presidente Dilma e ao fato de que o ex-presidente Lula chegou a participar da propaganda eleitoral do adversário Robinson Faria (PSD), eleito para o governo potiguar. Durante a sessão, o presidente convocou os deputados para que se mantivessem no plenário e garantissem a aprovação do texto. A derrubada do decreto foi aprovada em votação simbólica.

'Sociedade civil' – O decreto número 8.243/2014 foi criado sob o pretexto de instaurar a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e o Sistema Nacional de Participação Social (SNPS). Mas, na prática, prevê a implantação de “conselhos populares”, formados por integrantes de movimentos sociais, vinculados a órgãos públicos. A matéria instituiu a participação de “integrantes da sociedade civil” em todos os órgãos da administração pública. Porém, ao trazer uma definição restritiva de sociedade civil, representa um assombroso ataque à democracia representativa e à igualdade dos cidadãos ao privilegiar grupos alinhados ao governo.

O decreto do Palácio do Planalto é explícito ao justificar sua finalidade: “consolidar a participação social como método de governo”. Um dos artigos estabelece, em linhas perigosas, o que é a sociedade civil: “I – sociedade civil – o cidadão, os coletivos, os movimentos sociais institucionalizados ou não institucionalizados, suas redes e suas organizações”. Ou seja, segundo o texto assinado por Dilma, os movimentos sociais – historicamente ligados ao PT – são a representação da sociedade no Estado Democrático de Direito.

A votação, que se arrastou por mais de duas horas, foi marcada por debates acalorados. “Numa democracia, quem escolhe o representante é o cidadão, é o povo. Com esse decreto, a presidente quer que essa escolha seja feita pelo próprio PT. Isso é um regime autoritário”, afirmou o líder do PSDB, deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA). “A Casa tem de se pronunciar. Não há espaço para que haja uma omissão do Parlamento brasileiro tendo em vista um quadro tão grave. A presidente Dilma prega dialogar, chama a nação para uma ampla negociação, mas impõe, via decreto presidencial, um modelo de consulta à população que é definido pelo Poder Executivo. É uma forma autocrática, autoritária, passando por cima do Congresso Nacional. Esse é um decreto bolivariano que realmente afronta o Poder Legislativo”, continuou o líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE).

O PT tentou evitar a derrota a todo custo. Sabendo que não funcionaria no diálogo, o partido apresentou uma série de requerimentos, entre eles para adiar a sessão e retirar a matéria de pauta, mas todos foram rejeitados.

Veja Online

Acusado se passava por funcionário do INSS e aplicava golpes na região do Brejo; homem era procurado em nove estados



Após cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz da Comarca de Solânea, foi preso na manhã desta terça-feira (28), por policiais da 2ª Cia de Solânea, Maurício Augusto Anieri, acusado de estelionato em vários estados brasileiros.

Anieri se passava por funcionário do INSS do Distrito Federal e aplicava golpes na região do brejo. O homem responde a 72 processos por estelionato e ainda era procurado por crimes em mais 9 estados brasileiros. Ele já cumpriu pena de três anos no Presídio do Roger, na Capital, pelo artigo 171. A prisão dele foi realizada por policiais da 2ª Companhia da PM.




De acordo com a Polícia, Maurício tem 41 anos, é natural de São Paulo e é acusado de aplicar vários golpes em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais e outros.

Em Solânea, ele já havia arranjado quase R$ 30 mil. Foram apreendidos documentos pessoais de supostas vítimas, 4 celulares, tablet e um netbook.

A Polícia pede para que vítimas entrem em contato com a Delegacia para maiores informações, através dos telefones: (83) 93096123 - (83) 3363-3915.

De acordo com o delegado Titular de Solânea, Diógenes Fernandes, que comandou as investigações, há pouco mais de uma semana a Polícia Civil recebeu denúncias que um homem estava oferecendo um pacote de planos de saúde de uma grande empresa com um baixo custo. Devido à oferta, várias pessoas assinaram o contrato, pagaram cerca de R$ 5 mil e foram lesadas.


“Maurício Augusto dizia que o plano era por três anos e seria para até quatro pessoas. Vários contratos foram assinados e quando foram se consultar constataram que era um golpe. Como ele se passava por funcionário do INSS de Brasília, o acusado procurava as pessoas que contribuíam com órgão, conquistava a confiança delas dizendo que anteciparia o benefício”, afirmou Fernandes.

Conforme o delegado, o acusado realizou diversas compras no mercado local. “ Maurício utilizando identidade falsa comprou móveis, roupas e equipamentos eletrônicos. Ele estava se preparando para comprar um carro em João Pessoa. O acusado vivia uma vida de luxo para a realidade de interior”.

Após as denúncias, a justiça da cidade expediu um mandado de busca e apreensão. Durante buscas no apartamento alugado por ele, foram apreendidos tablets, celulares, roupas de gripe, cosméticos e móveis. Ao chegar na delegacia, foi comprovado que ele tinha dois mandados de prisão. “Ele responde a 72 processos por estelionato nos estados Bahia, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Os mandados de prisão são da Bahia e São Paulo”, confirmou o delegado, acrescentando que após a divulgação na imprensa mais de dez pessoas já prestaram queixa contra o estelionatário.

Maurício Augusto, que estava de mudança para outra cidade, foi levado para o presídio Vicente Claudino de Pontes, conhecido como ‘Presídio Velho’, da cidade de Guarabira, na mesma região. “Ele vai responder pelo crime de estelionato por ter lesado cinco pessoas em Solânea e após o cumprimento da pena deverá ser recambiado para São Paulo”, declarou Diógenes Fernandes.


Redação com informações do Portal Correio e Solânea Online

Capitão da seleção da África do Sul é assassinado em Joanesburgo

O capitão da seleção sul-africana de futebol, Senzo Meyiwa, levou um tiro e morreu ao tentar proteger a namorada durante um assalto a casa dela perto de Joanesburgo, informaram autoridades nesta segunda-feira.
O goleiro do Orlando Pirates, de 27 anos, morreu no domingo após levar um único tiro no peito disparado pelos invasores dentro da casa da namorada, a atriz e cantora Kelly Khumalo, na cidade de Vosloorus.
"Os homens invadiram a casa e pediram os celulares, dinheiro e outros bens de valores", disse o secretário de Segurança Pública, Sizakele Nkosi-Malubane, a repórteres no local do crime.
"Senzo tentou proteger Kelly porque um dos homens estava com a arma apontada para ela", acrescentou.
Segundo a polícia, dois homens entraram na casa de Kelly por volta das 20h (horário local), onde o jogador estava em uma festa. Um terceiro assaltante esperou do lado de fora da casa, e os três conseguiram fugir depois do roubo.
Meyiwa foi declarado morto na chegada ao hospital, de acordo com a polícia.O técnico da seleção sul-africana, Ephraim Mashaba, confortou vários colegas de equipe de Meyiwa que foram ao hospital pouco após o incidente.
"Podemos garantir a todos os sul-africanos que faremos tudo que pudermos fazer para pegar os assassinos de Meyiwa", disse a polícia da África do Sul em sua conta no Twitter, oferecendo recompensa de 150 mil rands (13.700 dólares).
O Dia Online

Criança de 5 anos morre atropelada na BR 230; menino estava brincando no acostamento

Uma criança de cinco anos morreu atropelada na BR 230 por volta das 11h da manhã desta segunda-feira (27) no município de Caldas Brandão. Ela estava no acostamento, quando se afastou para dentro da pista e foi atingida por um carro.
Vitor Manoel Bernardo, de 5 anos, estava brincando com um amigo no acostamento da BR 230, na altura do km 83. Em um determinado momento, Vitor se afastou do acostamento para dentro da pista e foi atropelado. O motorista parou o veículo para prestar socorro, mas o menino morreu na hora. Ele aguardou a chegada da perícia e da Polícia Rodoviária Federal.

Pedro Callado / Washington Luiz

Alhandra registra mais um homicídio: homem é assassinado a facadas





Mais uma morte violenta foi registrada na cidade de Alhandra, já são três assassinatos em uma semana no município.

Na manhã desta segunda-feira (26) um homem identificado apenas como ‘Sinho’ foi morto a facadas dentro da própria residência, localizada no conjunto Bela Vista, próximo ao antigo campo do Flamengo. De acordo com informações dos moradores, ‘Sinho’ era viciado em drogas e morava sozinho.

A Polícia informou que até agora não existem pista do autor do homicídio.





Portal do Litoral PB

Fotos: Via Whatsapp

Ricardo vence em Alhandra com 380 votos a mais que o segundo colocado; com 100% das urnas apuradas Cássio obteve apenas 48,49% dos votos

O candidato ao governo do estado, Ricardo Coutinho (PSB) obteve 6.489 (51,51%) votos em Alhandra, Litoral Sul do estado. Já Cássio Cunha Lima (PSB) obteve 6.109 (48,49%) votos uma diferença para o primeiro colocado de 380 votos.
Foram totalizados 100% das urnas em Alhandra.
Votos apurados 16.405 votos. Não compareceram as urnas um total de 2.638 (16,08%) e campareceram 13.767 (83,92% ) dos eleitores.

Wagner Mariano / Portal RTV

Marcelo participa de inauguração da 6º Delegacia Seccional do Litoral Sul; Cláudio Lima disse que novo prédio “traz mais dignidade e valorização aos profissionais de Polícia”, assista




O governo do Estado inaugurou na manhã desta sexta-feira (24) a Delegacia Seccional de Alhandra. De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Cláudio Lima as novas instalação vai proporcionar melhor condição de trabalho aos policiais. O prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, chegou acompanhado da primeira dama e secretária de Bem Estar Social, Nadjane Almeida cumprimentou o secretário de segurança e o Coronel Euller Chaves. O prédio alugado pelo Governo do Estado vai funcionar na Rua das Maravilhas, 826, bairro Nova Alhandra, que fica em frente à praça da entrada da cidade.



“Para a população tenho a certeza que fez muito bem. A gente já precisava há muito tempo de um estabelecimento para acomodar melhor as nossas autoridades. Hoje Alhandra tem o privilégio de ter uma Delegacia Seccional que vai atender essa região do litoral sul,” afirmou o prefeito de Alhandra.



Cláudio Lima disse que a Delegacia também vai funcionar em regime de plantão atendendo do Zona da Mata Sul da Paraíba que compreende os municípios de Alhandra, Conde, Caaporã, Pitimbú e Pedras de Fogo.



“Nós estamos hoje trazendo instalações merecidas, com novos equipamentos e prédio novo para a Delegacia Seccional da Polícia Civil. O que é fundamental aqui em Alhandra é que nós temos que implementar um trabalho, uma filosofia de integração entre a Polícia Militar e a Polícia Civil que já vem dando frutos e esperamos melhorar ainda mais essa atuação das polícias. Hoje a polícia trabalha com melhores condições,” avisou. Ele ainda afirmou que em três foram entregues a Polícia em todo estado, com ampliação e reformas, mais de 107 unidades.



Com a inaugração da Delegacia, Lima afirmou que é uma coroação dos trabalhos dos policiais. Ele reconheceu que as instalações eram precárias e que com este novo prédio vai atender a demanda que é tão esperada pelos profissionais.



“Traz mais dignidade e valorização aos profissionais da polícia e também mais condição de atender melhor o cidadão. A tendência é que o plantão fique em Alhandra por ser a sede da seccional,” avisou.

Wagner Mariano / Portal RTV
Tecnologia do Blogger.

Top